sexta-feira, 22 de junho de 2012

AMBIÇÃO E GANÂNCIA


         Sim, há diferença entre ganância e ambição, pois enquanto a ambição propõe o “querer mais”, a ganância impõe o “querer mais e só pra si”.

        Querer ser e ter mais que o outro é uma forma capciosa de viver. A vontade fica aprisionada a uma mania fútil de querer sempre estar à frente do outro, e o outro se torna uma contínua ameaça e uma perene pedra no caminho.

O comportamento do ganancioso oscila entre a inveja e o orgulho. Inveja quando percebe o sucesso do outro, vê-se então fracassado mesmo podendo estar bem; e torna-se orgulhoso somado a uma arrogância interpessoal quando está “bem”, ou seja, num lugar elevado e soberano entre os outros, e por isso coloca-se no centro de tudo.

         Enfim, o ganancioso quer mais, mas somente para si e dificilmente comunga do sucesso do outro.
        O que não se deve é condenar quem deseja ser e/ou ter mais, pois afinal, todos nós em proporções diferentes buscamos algo melhor para nossa vida. Mas o que se deve observar é o equilíbrio, ele torna a busca saudável e não concorda com a ganância.

        Ter ambição não é nenhum pecado e, pelo contrário, faz com que a vida ganhe mais dinâmica e significado. Somente quem tem ambição pode alcançar grandes resultados em sua vida. As metas são estabelecidas, a vontade é direcionada e a busca é disciplinada para a conquista.
        De fato, não alcançará resultados diferentes e melhores quem vive na mesmície do ordinário, é preciso ir além  e buscar os grandes feitos através da ambição. Isso não nos torna arrogantes e complexos, mas corajosos naquilo que elegemos como objetivo de vida, na simplicidade do que buscamos.

        Porém, a ambição sempre deve aliar o ter ao ser. Aquilo que sou deve ir adiante daquilo que eu tenho para estabelecer no equilíbrio o que e como devo querer e buscar o “mais”.

 

"A ambição é um enredo que nos enreda por toda a vida" (Marquês de Maricá). Querer saber mais fundamenta o aprendizado, querer ter mais solidifica a minha labuta e enfim, querer ser mais norteia a minha vida em minhas escolhas e decisões.
        A minha ambição será boa na medida em que ela manter-se distante da ganância. Devo querer e buscar sem receio o melhor para minha vida, mas não posso em nome dessa busca pisar no outro ou invejar o seu sucesso.

O outro não é uma ameaça, mas colaborador, parceiro, irmão e também um guerreiro que luta (como eu) para conquistar algo melhor para sua vida.

 

"Somos todos anjos com uma asa só; e só podemos voar quando abraçados uns aos outros".(Luciano de Crescenzo)



Um comentário:

  1. Luiz Carlos, São Miguel/AL25 de junho de 2012 23:40

    Ter ambição nada mais é do que um gesto de humildade. Pois se quer algo mais quando se reconhece os limites e que se pode ir mais além.

    ResponderExcluir